banner falando com o socio

ESPAÇO SAÚDE

Dormir tarde: Suas consequências
Dormir tarde faz as pessoas comerem de forma pouco saudável. Alimentação mais natural e menos estímulos à noite regulam o descanso. Quem fica acordado até altas horas da noite tem maior dificuldade para manter uma alimentação saudável.
Segundo um estudo feito por uma universidade americana, dormir tarde está associado diretamente a uma rotina de maus hábitos. Foram analisados pelos pesquisadores norte-americanos os hábitos de atividades físicas e o cardápio de 96 pessoas na faixa etária de 18 e 50 anos e que dormem mais de seis horas por dia. Chegaram à conclusão que aqueles que dormiam a partir de 1 hora da madrugada consumiam alimentos menos saudáveis, tinham uma ingestão maior de fast food e praticavam menos atividades físicas do que aqueles que tinham o hábito de dormir mais cedo.
Dentre os malefícios desse costume está um provável duelo hormonal entre o cortisol e a melatonina que funcionam da seguinte maneira: durante a noite a melatonina (hormônio do sono) deve estar alto, enquanto o cortisol que controla o stress deve estar baixo. Durante o dia é o contrário esse processo natural que ocorre em pessoas com hábitos saudáveis, ou seja, que dormem até as 23 horas. O oposto ocorre uma disputa entre esses 2 hormônios com o cortisol ocupando o espaço que pertence a melatonina na hora do sono. O stress corporal é outro fator maléfico ao organismo o qual vai pedir uma ingestão de alimentos calóricos maior para minimizar os efeitos negativos. As nutricionistas aconselham mudar a rotina e os hábitos: como consumir alimentos mais naturais ao longo do dia como banana, aveia, abacate e chás calmantes além de evitar a ingestão de açúcar e produtos com alto índice de cafeína, evitar estímulos visuais, sonoros e psicológicos como televisão e celular antes de dormir pois pode ajudar a diminuir o cortisol e por consequência levar ao aumento da melatonina, impedindo problemas de saúde no futuro.
Ir para a cama cedo e dormir bem a noite é uma forma natural para perder peso. Pesquisadores da universidade da Califórnia fizeram um estudo e concluíram que, para cada hora que elas ficam acordadas até mais tarde durante a semana, tiveram um aumento do IMC (índice de massa corporal) de 2% mesmo se dormisse oito horas. Segundo a ONU mais da metade da população brasileira está com sobrepeso e 20% são pessoas obesas.

Outras consequências de dormir tarde ou mal:

1- Aumento da fome no dia: dormir pouco aumenta os níveis de trelina o hormônio da fome.
2- Altas chances de um derrame cerebral: pessoas que dormem tarde da noite tem maior risco de ter AVC, mesmo com peso normal e sem histórico de doenças cardíacas.
3- Aumento do apetite por comidas gordurosas: dormir tarde ativa os centros de recompensa do cérebro.
4- Aumento do risco de câncer de mama: mulheres no pós menopausa podem ter um tipo agressivo de câncer de mama e uma maior probabilidade de recorrência da doença.
5- Aumento do risco de impotência sexual, maiores chances de desenvolver problemas cardiovasculares e de engordar são os riscos para os homens que dormem tarde.

Espero ter contribuído para o(a) associado(a) pôr em prática tudo que foi falado para que tenha melhor qualidade de vida, mais saúde, maior longevidade.

Abraços, até breve.


 Denilson Alves de Paula
Diretor de Saúde e Bem Estar

 

 

  solum
 
                     david miranda                        

 


 

       

horario funcionamento

©Tropical Tênis Clube 2016 - Todos os direitos reservados - Desenvolvimento: Cristiano Carvalho